InVersos: Raúl Ferrão – A Luz do teu sorriso


Na nostalgia da noite
soltou-se um beijo
que ganhou asas
e foi borboleta que voou
e poisou no pólen do teu sorriso.

E assim se fez Primavera.

E o teu sorriso
acendeu as luzes da madrugada do meu sorriso.

E todo o mundo beneficiou dessa luz
que pensavam ser do Sol.

Raúl Ferrão

Anúncios