InVersos: mariam – Erguem-se as árvores e os Homens


Gosto de crer no génio e na força humana perante muros
Embora presas
Pacientes erguem-se as árvores rumo ao alto e à luz
As suas folhas deixam que o vento com elas dance
Presas e cantam
Numa linguagem que não entendemos mas nos pacifica
Creio nos Homens que cerram punhos e avançam
Elevando os braços numa raiva ou numa prece

mariam

Anúncios