InVersos: Rui Machado – Há quanto tempo

Há quanto tempo
Fechado em mim
O bem-querer
Que não tem fim
Triste momento
Embalo assim
Sem o saber
Dentro de mim

A lei do tempo
E passo assim
A entreter
Dentro de mim
O sentimento
Minha oração
Por bem-querer
O coração
Largo o pesar
No que sou eu
Dor de cantar
A voz para o céu

Não é favor
Dizer a dor
De sentir
Negando agora
O que outrora
Fez sorrir
Mas no que sente
É bem diferente
A paixão
Quando a saudade
É só verdade
Sem razão

Em tudo existe
Algo de triste
Uma ilusão

Rui Machado

Anúncios