InVersos: Pedro Belo – Não digas a ninguém


Não digas a ninguém, mas no frio da noite, procuro o calor nos teus braços.
Nos momentos de angústia e desespero, procuro a calma e segurança,
na paz do teu olhar.

Não digas a ninguém, mas é no teu colo que encontro carinho e ternura.
É no teu beijo que encontro desejo e paixão.

Não digas a ninguém, mas és tu que dás sentido há minha vida,
és tu que me motivas para alcançar objectivos,
que me dás força para lutar.

Não digas a ninguém, mas és tu o meu amor eterno…
e sei, que sou e serei sempre o teu.
Mas descansa, não direi a ninguém.

Pedro Belo