InVersos: Guilherme de Faria – Destino Português


Nasci em Portugal. E, peregrino
De caminhos de luz, vi no degredo
Mais vil, a minha pátria que tão cedo
Deixara de brilhar no céu divino.

Assim, perdido errei, moço e menino;
Mas, entre as sombras de remorso e medo,
Ouvi a voz dos astros, em segredo,
Embalando, a cantar, o meu destino.

E então, viram meus olhos, a sorrir,
Além da noite, e a noite trespassando,
A esperança de Deus, a cintilar…

E eis a graça do céu, que eu vim cumprir:
Amar, viver – mas a sonhar, cantando,
E, como E-Rei, morrer – mas devagar!

Guilherme de Faria

Lido e produzido por Rui Diniz

Música: Hans Christian – “In the Chapel at St. Ives No.3”
Magnatune.com
Creative Commons License

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s