InVersos: Ricardo Reis – Vivem em nós inúmeros


Vivem em nós inúmeros;
Se penso ou sinto, ignoro
Quem é que pensa ou sente.
Sou somente o lugar
Onde se sente ou pensa.

Tenho mais almas que uma.
Há mais eus do que eu mesmo.
Existo todavia
Indiferente a todos.
Faço-os calar: eu falo.

Os impulsos cruzados
Do que sinto ou não sinto
Disputam em quem sou.
Ignoro-os. Nada ditam
A quem me sei: eu escrevo.

Ricardo Reis

Lido e produzido por Rui Diniz

Música: Dejan Ilijic – “Si Zaljubiv”
Magnatune.com
Creative Commons License

Anúncios

2 thoughts on “InVersos: Ricardo Reis – Vivem em nós inúmeros

  1. Nair Rezende diz:

    É UM BELO TEXTO. Importante a forma em que o poema é apresentado tanto quanto na ideia

    Liked by 1 person

  2. Um grande poema , declamado por uma grande voz : Rui Diniz .
    Parabéns Inversos !

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s