InVersos: Isabel Rosete – Meu amor de instantes


Se queres que te ame no ardor do Desejo,
Não me desampares mais.
Volta no ermo da noite calada,
Como da primeira vez;
Assalta-me a cama pelas janelas do meu quarto
Fechadas para todos, abertas só para ti –
Meu Amor de instantes –
E preenche-me com aquele prazer eterno
De tão intenso que é.

Isabel Rosete

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s