InVersos: Teresa Gonçalves – Dou ao verso


dei ao vento o poder da palavra.
devolveu-mo em seus passos violentos.
desde então, guardo-o num cofre do inverso do verso.
ao verso, consciente da ternura e do amor, dou o perfume da palavra brisa
sem temer o peso da palavra : poder.

Teresa Gonçalves

Anúncios

2 thoughts on “InVersos: Teresa Gonçalves – Dou ao verso

  1. Soberbo de simplicidade e de alma, este poema,
    como tu, querida poetisa, Teresa Gonçalves!
    Beijinho

    Gostar

  2. Sónia diz:

    Adorei o poder desta simplicidade.
    Belo!

    Abraço
    Sónia

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s